Msk ribeirão

Ferramentas e dicas

informativo eletrônico

Você está em Home »

casos clínicos

Nervo mediano - túnel do carpo

Síndrome do túnel do carpo (STC)
Causada por compressão crônica do nervo mediano na região do túnel do carpo.
O processo leva ao espessamento do nervo, alteração que pode ser detectada e mensurada por meio da ultrassonografia e da ressonância magnética.  O máximo espessamento ocorre ao nível da primeira fileira do carpo, que pode ser identificada ao nível do pisiforme, ou um pouco mais proximal, na altura da margem proximal do ligamento transverso carpal (extremidade distal do rádio).
Não há um consenso absoluto sobre os valores de normalidade da área seccional transversa (AST) do nervo nesta região e embora haja um estudo que sugere o cutoff de 15 mm² (Lee et al Rad Clin North Am 1999) a maioria dos autores utiliza valores de cutoff variando entre 9 e 12 mm² (Klauser et al Radiology 2009).
Outra forma de avaliar o espessamento é fazer a razão entre a AST do nervo mediano na região espessada sobre a AST do mesmo nervo medida na região do pronador quadrado. Esta razão sendo >2 favorece o diagnóstico de STC (Bianchi and Martinoli, Ultrasound of the Musculoskeletal System, Springer 2007). Em artigo mais recente um grupo de pesquisadores sugeriu utilizar não a razão mas a diferença entre as áreas seccionais túnel / pré túnel (DeltaAST). Este trabalho sugere que um DeltaAST > 2 mm² proporciona boa sensibilidade e especificidade para o diagnóstico de STC (Klauser et al Radiology 2009).
O ligamento transverso do carpo pode estar espessado na síndrome e o valor de normalidade da espessura do ligamento mede aproximadamente entre 1 e 1,5 mm (Bianchi and Martinoli, Ultrasound of the Musculoskeletal System, Springer 2007).
 

logo Política do site

© 2011 - MSK Ribeirão - Todos os direitos Reservados

atual interativa